UOL

Exclusivas

Na pele de Carine, Carla Diaz afirma: "Jamais me envolveria com homem casado"

Abre o olho, Bibi! Carla Diaz volta à Globo 
em A Força do Querer como amante de Rubinho e rival da personagem de Juliana Paes

Por Ligia Andrade

Um verdadeiro furacão passou pela vida de Carla Diaz, 26 anos, nas duas últimas semanas. De férias da televisão desde A Terra Prometida (Record TV), a atriz paulistana foi escalada para viver a cabeleireira Carine, rival de Bibi (Juliana Paes) em A Força do Querer (Globo). E já chegou causando. A novinha deixa o traficante Rubinho (Emilio Dantas) babando na trama das 9 e se tornará sua amante, para desespero e ciúme da Poderosa. “Como a minha vida mudou! Estava aproveitando, viajando com as amigas, coisa que nunca tive tempo, mas fiquei um pouco para baixo, receosa, com medo, porque pela primeira vez na carreira me vi sem trabalho. Nesses 25 anos de profissão, tive sorte. Fiquei cinco anos no SBT, nove na Globo e oito na Record. Só que me vi na mesma situação que a maioria dos artistas brasileiros passa: sem contrato assinado”, confidencia. 


“Estão dizendo que sou a novinha do Rubinho”, conta a atriz, aos risos

Nesse período de espera, a ansiedade bateu com força total. “Comi para caramba, engordei... Sorte que ninguém reparou. Pedi para Deus me abrir uma portinha, no entanto, ele me abriu um portal. Meu telefone tocou do dia para a noite. Pense em uma pessoa feliz... Não tenho como agradecer.”  Antes mesmo de entrar na trama, a personagem despertou curiosidade do público. “São engraçados os adjetivos que estão dando para Carine: rival da Bibi, rival da Juliana Paes, Carine Furacão...”, diverte-se.

PARCERIA COM GLORIA PEREZ
A atriz, que começou na carreira em filmes publicitários, já acompanhava o folhetim escrito por Gloria Perez, 68. “Sou noveleira e fã dela. Khadija, de O Clone (Globo, 2001), foi uma personagem marcante, sou reconhecida em outros países, é uma das tramas mais vendidas, é muito louco, me mostrou para o mundo. Mas reconheço os outros papéis também, como em Chiquititas (Maria), que está completando 20 anos de exibição.” Há cerca de 10 anos sem pisar nos Estúdios Globo, Carla celebra o seu terceiro trabalho ao lado de Juliana Paes, 38. “Fizemos Laços de Família (Globo, 2000), O Clone e A Casa das Sete Mulheres (Globo, 2003), só que quase não contracenávamos. É uma responsabilidade, estou achando o máximo. Quando iria pensar que nesta encarnação seria rival de Juliana Paes (risos)? A princípio é uma participação, mas sinto que está crescendo. E ela é diferente de tudo que já fiz, tem um quê de vilã, o que sempre quis fazer.” 


Antes de começar a gravar, a atriz foi ao  nutricionista e ao endocrinologista

O clima entre Carine e Bibi promete ser eletrizante, com direito a muitas brigas e puxões de cabelo. “Ela nem sempre vai encarar a Bibi na força, é uma garota esperta, quer o melhor e não se importa em passar por cima para conseguir. É a primeira vez que faço uma personagem mais sensual também”, conta. Para fazer bonito nas cenas, Carla se jogou nas aulas de funk. Há 15 anos, faz dança do ventre, o que a ajuda a deixar o corpo mais solto. A atriz também intensificou os treinos com seu personal e acabou perdendo três quilos nesse período. Com 1,53 metro, ostenta atualmente 45 na balança. “Não deixo de comer, mas quando vi que o meu figurino quase não tem pano, fui a uma nutricionista e ao endocrinologista. Além da reeducação alimentar, descobri que tinha deficiência de algumas vitaminas. Sempre comi saladas e não posso cortar o carboidrato, passo mal. 
A minha dieta é específica.” 
Carla deixa claro que a única coisa em comum com esta cabeleireira ambiciosa é a determinação. Ponto final. Quando quer alguma coisa, também foca e vai atrás. “Só que Carine passa por cima e não está nem aí se vai machucar o próximo. Nunca teria coragem de fazer alguma coisa que prejudicasse alguém, jamais me envolveria com homem casado, atrapalharia uma família”, atenta.

PEQUENA (GRANDE!) MULHER
Uma das marcas registradas da atriz é o sorriso. Desde criança, dizem que Carla o faz com o olhar. Ela nunca se incomodou com a sua pequena altura e entende também o seu corpo como uma ferramenta de trabalho, não tem pudores. “Não uso as roupas curtas da Carine, as minhas são completamente diferentes. Nos bastidores da novela fico de roupão, até porque agora está frio, mas, na hora do valendo, não estou nem aí para a roupa... É a personagem que está ali”, justifica.


"É uma responsabilidade ser rival da Juliana Paes, estou achando o máximo!"

Solteira, avisa que não é difícil conquistá-la. “Sou aberta a conhecer novas pessoas. Quando duas pessoas estão dispostas, tudo fica mais fácil. Agora estou focada na carreira. O que tiver de acontecer, vai ser naturalmente, não dá para planejar muito”, opina Carla, que gosta de homens decididos. Daqueles que ficam em cima do muro, quer distância. “Se ainda tiver bom humor, acaba me conquistando fácil. Gosto das pessoas que mostram o que sentem, porque sou assim também.”

SEGREDINHOS 
Viciada em cosméticos, a atriz adora passar cremes. “Acho que herdei isso da minha avó”, admite. Com a ajuda da manicure, criou os desenhos das unhas de Carine, que não são óbvios. Nas férias, Carla aproveitou para cortar as madeixas, precisando agora usar tic-tac no set. Uma de suas receitas é aceitar a vida e ser feliz. “Tudo tem seu tempo. Não podemos perder a fé. Se o que desejo ainda não chegou, não posso ficar triste”, ensina.


Carine é uma cabeleireira ambiciosa que virará amante do traficante Rubinho. Bibi ficará furiosa ao perceber que estão invadindo o seu terreno
11/09/2017 - 08:20

Sugestões Especiais

Mais Notícias de Exclusivas

Notícias em Destaque

Útimas Notícias